terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Poeta não sou...

"Castradores" da criatividade
Voçês não sabem como dói
dividir para reinar
mas na verdade só vos mói!
As sapatas vêm de casa
da Primária os pilares
Eles são fortes e robustos
O que é que estavam a pensar?
De signo sou Leão
Uma leoa quando "virei" mãe
Rebelde é o meu Eu
Não acham que faço bem?
As regras eu sei de cor
não precisam de me as impor
isso não se faz, ou melhor
onde está o calor?
Já dizia o poeta,
"...eles comem tudo, eles comem tudo..."
ovelhas, não obrigado
não fez parte do meu "estudo"
"Castradores" da criatividade
não me estraguem o "talento"
Sou sonhadora e depois?
Os sonhos não voam com o vento!!
Podem olhar para mim de relance
Como se de uma ave rara se trata-se
Estou habituada e não me canso
Eu sou assim... tá-se!
Desta vida levo muito
E o que importa é o que se faz
Tenho muito para ensinar
Tenho uma filha, quero Paz!
"Castradores" da criatividade
Tirem, levem, mas onde está?
Claro que tenho o meu papel
O Zé Povinho diz: "Tomem lá!"
A revolta é grande e cresce
A pacividade está a mudar
Privacidade é o que se merece
A mente tem que arejar!
A vida é feita de escolhas
Só com as más é que aprendemos
Detesto errar, zango-me comigo
Mas temos que pagar pelo que fazemos!
"Castradores" da criatividade
são assim e eu lamento
o que faço é com vontade
mesmo que sem motivação no momento!
Este pseudo-poema não tem nada a ver com cores politicas (caso quem não me conheça, passe por aqui e me interprete mal e mesmo quem me conheça) muito pelo contrário, cores para mim estão na paleta, na vida, na familia, em tudo o que vejo, pois a vida é para ser colorida.
É só um desabafo como muitos outros que eu tenho "despejado" aqui no meu cantinho só meu!
Por motivos de saúde não tenho dedicado tempo aos meus trabalhos vamos-lhe chamar trabalhos "pós laborais" e CHEIOS DE COR, a B. está no primeiro ciclo e também precisa de especial atenção e eu não abdico disso, pois ela é o arco-íris da minha vida! (um grande, enorme, gigante obrigado á minha mãe e little sister pelo apoio que nos têm dado, ao pai e á mãe do arco-íris nos T.P.C. e na paciência também) Prometo que assim que puder terei coisas novas para mostrar!!!
Há... os motivos de saúde não são psicológicos caso alguém pense que paira por aqui alguma insanidade, tudo o que digo tem fundamento, os motivos de saúde são fisicos chama-se CER-VI-CAL aquela porcaria que nos puseram nas costas para nos encher de dores e para nos moer o juízo Eh!
Beijinhos até breve!

4 comentários:

guess who? disse...

"How great I am?
Gotta tell myself, yeah
Looks grim right now
but pretty soon we'll be laughing about it
Ooh, and it's alright
Yeah it is, I swear you'll see
Yeah it's alright
Cause I've always got my family of me

It's not a first
(might be the last)
Yeah I'm sure I
must have been through worse, but
Ooh it's alright
Got a paddle and a creek
Yeah and it's alright
Cause I've always got my family of meeeeeee"


Ben Folds

Tereclopes disse...

Que tinha uma filha artista, já eu sabia... mas que nessa arte estivesse incluída a poesia bem.. isso para mim é uma grande novidade!continua...
Agradecer o quê? o que é feito por amor não precisa de agradecimentos. E vocês todos são também o meu arco-íris, as meninas então têm umas cores que brilham de noite e dia, são lindas !!!

Tintas linhas e manias disse...

Está lindo Anocas...
Quando começas-te com o teu blog, eu comentei que tinhas muito jeito para escrever, lembras-te?... e também disse porque não escrevias um livro para crianças com ilustrações tuas. Continua!!!!
Beijocas e as melhoras das costas
Isabel Alves

Edivaldo Lopes disse...

ola! show seu blog adorei .
estou a seguir . parabéns pelo trabalho se- cuide e otimo fim de semana .